quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

ETERNIDADE




ETERNIDADE
Teresa Cordioli

Se minha vida fosse eterna,
encontraria outro amor igual ao nosso?
Não, não posso pensar em eternidade,
todos se vão com pouca ou muita idade,
seria ousadia, te querer além da morte?
Por entre os milhares de olhos
que pelas cidades vagueiam
olhos azuis, castanhos, outros pretos,
e até nos verdes que me arrepiam,
sinto que tem os teus que me seguem...
Olhos que cuidam de mim, mas não me invadem
olhos da cor dos que um dia visitaram minha privacidade.
E sigo, ansiosa por encontrar-te e, finalmente,
vivermos juntos, por toda a eternidade.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

MEUS VERSOS
Teresa Cordioli

Toda vez que eu via a lua
meus versos surgiam
como pássaros em revoadas;
- Ora calmos,
- Outros travessos.
Hoje, quando vejo a lua,
meus versos se escondem de mim,
diferente dos versos calmos
e travessos
que surgiam em noites de lua cheia
aqui, onde foi nosso ninho de amor.


sábado, 5 de julho de 2014

MEU LIVRO...


O Lançamento será no dia 23 de Agosto das 12 às 14 horas. Local: Bienal do Livro de São Paulo.  Anhembi, Estande G 699, Editora Delicatta. Ficarei Feliz com sua presença.


segunda-feira, 6 de maio de 2013

SAUDADE TANTA...



SAUDADE TANTA
Teresa Cordioli



Ah, min’alma solitária
que de sofrer se tornou pequena
a saudade tanta a fez revoar
pelos caminhos do passado
onde minh’alma era grande e serena...
Hoje onde mora,
não tem quem tem os olhos verdes
Nem quem tem a pele morena...
só tem eu, minh’alma
e uma foto
a qual, minha dor amena...



quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A MULHER E A MENINA...

http://meuamorvirtual.loveblog.com.br/354347/Mulher-menina/
 
A MULHER E A MENINA...
Teresa Cordioli

A criança que vive em meu peito
acredita em borboletas mágicas que voam
em Beija-flores que voltam em sonhos
e nas lembranças que se tornam realidades...

Ela não usou a estrada como ida, parou,
sem antes conhecer a dor da despedida
preferiu voltar por entre sonhos alados
e reencontrar o verdadeiro amor que ficou...

A menina que vive em mim, sonha acordada
é feliz, sorri e canta a felicidade
lá no meu passado que tenho saudade.

Hoje, ao me olhar no espelho não entendi
ao perceber a diferença entre a mulher e a menina...
- Vendo-a assim tão feliz, a quero aqui comigo...
 
.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

CHUVA DE PRATA E ESMERALDAS...

CHUVA DE PRATA E ESMERALDAS...
Teresa Cordioli


Penso em ti,
talvez distante,
talvez não.
Mas com sensação de estar dentro de mim.
Algo estranho e gostoso acontece
quando,
mesmo sem falar
te ouço
e os círculos de novo aparecem.
Vejo-me neste círculo a fechar,
e feliz, sorrindo
abro a janela e as nuvens
anunciam que não vou mais chorar...
Uma chuva fina
cai bem devagar,
mais parece uma chuva de prata
que vem molhar este meu amor.
É a mistura da água com o sol
as gotículas que caem
tem o tom da alegria,
de prata a brilhar.
É tanta beleza
que não a quero só para mim:
- Tome-a!
Mas eu sei,
que aí do outro lado do muro
a chuva também cai de mansinho.
A chuva de prata que cai aqui
dá lugar
às de esmeraldas que caem ai,
tornando tua chuva com a cor da esperança,
da esperança que espero sem ela.
Áh chuva! Não me importo com tua cor,
com a tua intensidade,
apenas fecho os olhos
e recebo-a,
chove....
chove...
Aqui,
chove a mais linda chuva,
que molha nossos corações
ornando nossos beijos
para fechar este círculo...
sem raios e sem trovão....

domingo, 6 de janeiro de 2013

RESIGNAR-SE PARA SER FELIZ...



RESIGNAR-SE PARA SER FELIZ...

Teresa Cordioli

Hoje me deparei diante de algo que me assustou:
Foi quando me coloquei a disposição do Senhor dizendo:
- “Eis-me aqui Senhor, restaura-me”.
Envergonhada retirei o que disse,
voltei e diante de um espelho tentei achar
tudo o que há em mim que não “O” agrada.
Com lágrimas nos olhos, não tive vergonha de voltar,
pedir perdão à ELE e falar:
- “SENHOR, DÊ-ME FORÇAS PARA QUE EU CONSIGA ME RESTAURAR,
para quê, somente depois de restaurada eu possa vir a TI
e humildemente colocar-me a SUA disposição e amar”...