sexta-feira, 13 de julho de 2012

TEMPO TRAIDOR...


 
http://www.blogdacompanhia.com.br/category/colunistas/erico-assis/page/7/
TEMPO TRAIDOR
Teresa Cordioli

Um dia supliquei que de mim retirasse
Seus olhos verdes, seu olhar perturbador,
Hoje, por Deus eu rogo: Ah se eles voltassem!
Secariam as lágrimas, amenizariam a dor.

Antes de partir, beijou a minha face,
Derramando lágrimas, confessou o seu amor,
Que juntos juramos ser eterno enquanto durasse,
Sem imaginar que o tempo fosse traidor...

Meu beija-flor tão cedo resolveu voar
Levando em suas asas o meu poder de amar,
Deixando-me só, como se eu fosse uma flor...

O que será dessa flor quando seu fim chegar,
Suas pétalas cairão ao chão ou flutuarão no ar?
Ah Senhor! Leva-me para junto do meu beija-flor.

2 comentários:

Nilson Barcelli disse...

O tempo pode ser mesmo um traidor...
Magnífico poema, gostei imenso.
Beijo.

♥ Si αмoя є √iđα ♥ disse...

Faz tempo que não venho aqui e hoje ao visitá-la vejo essa maravilhosa postagem...
Parabéns, belíssimo poema...
Beijos com carinho daSissa♥