domingo, 9 de outubro de 2011

ABRAÇO MUDO...


ABRAÇO MUDO...
João Batista Ardito

Pequenas são minhas mãos
Silenciosos os aplausos
Inexpressivo meu olhar
Insuficiente as palavras
Diante do teu sucesso...
Apenas o abraço mudo
Foi capaz de expressar
A alegria no meu peito
De rever naquele momento
Seus braços abertos
Me dizendo QUE SAUDADE!






Um comentário:

Solange disse...

às vezes nos sentimos assim..

bjs.Sol