segunda-feira, 19 de setembro de 2011



LUA EM QUARTOS
Teresa Cordioli

A Lua, que em quartos se achega na janela
acordando-me dos sonhos mais secretos,
hoje, cheia, me espreita com sua luz amarela
deixando meu pobre coração inquieto...

Meus olhos, a perseguem, passo a passo,
sorrindo com as nuvens que a escondem,
das estrelas enciumadas no espaço,
para que não a vejam e não a sondem...

Mas ela, com seu brilho alumiado...
não se abate com o ciúme ou o traçado
das estrelas que estão ao seu lado...

Convido-a para que saias de trás do montes
e venhas até mim por um roteiro diferente,
e, como antes, fique comigo frente a frente...

Um comentário: