sábado, 25 de setembro de 2010

0 BEIJO QUE GUARDEI

http://www.google.com.br/imgres?

0 BEIJO QUE GUARDEI
Teresa Cordioli

Aquele beijo que guarda incontido em tua retina,
Aquele que tua saliva o imagina com gosto de mel,
Ele é meu, o guardei para ti desde que era menina
Para te beijar quando já mulher, feliz e sem véu.

Esse beijo guardado em mim mudou minha sina
Mesmo beijando outras bocas, jamais fui infiel
Porque para ti guardei beijos de anjo e de felina
Podendo te levar até ás nuvens ou então ao céu

No dia que deixei de ser menina, para ser mulher
Você não estava lá para aplaudir ou reprovar
Qual teria sido a tua nota? Isso eu queria saber.

Hoje entrego esse beijo que ficou aqui guardado
Não esperando nota, nem por ele ser julgada,
Na certeza de que de hoje em diante serei amada.

5 comentários:

Solange disse...

beijos entregues, a quem os mereça..
lindo!
bjs.Sol

Pinho Sannasc disse...

Versos que ardem, onde o beijo se perde nos anseios e a paixão se mostra despida e latente.
Delicioso...
Parabéns!

Carlos Rímolo disse...

Minha querida amiga e maravilhosa poetisa!
Seu Soneto é lindíssimo. Muita sensualidade e amor. Gostei de fato. Meus parabéns!
Beijos de luz!

POETA CIGANO - 14/10/2010

www.carlosrimolo.blogspot.com

Ary Alexandre Toledo disse...

Lindo seu Blog! Parabéns e muito obrigado pela ajuda! BJS

MOISÉS POETA disse...

gostei do seu blog , estarei sempre por aqui !

um beijo grande pra voce !