domingo, 25 de outubro de 2009

VÁRIAS // MAS SEMPRE MULHER...


VÁRIAS...
Eduardo Potiguar

Eis que então surge você,
Mulher de tantas versões
Menina ou madura,
Inocente ou tentação,
Simples ou sedutora,
Beata ou amante
Mãe ou amiga,
Já não sei qual será
A próxima encarnação.

Mas sinto em cada uma
Delas a dedicação,
O amor e a inspiração
De sê-las para viver
pelo prazer de ser feliz.
-----------------------------------

SEMPRE MULHER...
Teresa Cordioli

Eu morro e vivo todo dia...
Morro de tristeza
e vivo de alegria.
Transmuto meus sentimentos,
de sonhos me alimento,
vestindo fantasias.
Já me vesti de freira
e também com outras alegorias...

Sou uma, sou VÁRIAS,
sou mulher, sou amante,
sou AMIGA a todo instante,
se te vejo, te estudo,
para saber o que serei,
Mãe, se estiver mudo,
Sedutora, se tiver falante,
Menina, se estiver contente,
Tentação, se te convier, mas
Sempre MULHER.

Eis a questão...
O que serei amanhã?
Não depende só de mim,
depende exclusivamente
de como vais chegar...
Retraído ou falante?
Amigo ou amante?
Quando tenho o tema,
deixo o coração desenhar,
visto minha fantasia
no intuito de te provocar....


.

2 comentários:

Márcio Kindermann disse...

Adorei passar aqui, seu poemas são tranquilos e meigos, sua história de vida arrepia... fiquei fã!
Abç
MK

Silvana Fabbri disse...

Teresa, Teresa, Teresa ... para que tanto sofrimento? Seja feliz mulher ... você é tão forte, resolvida, VIVA.
Beijos